Início » Ronaldo Pilli é o novo conselheiro da FAPESP

Ronaldo Pilli é o novo conselheiro da FAPESP


(foto: arquivo pessoal)

Em decreto publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo de 13 de julho de 2018, o governador nomeou Ronaldo Aloise Pilli para integrar, como membro, o Conselho Superior da FAPESP.

O novo conselheiro foi nomeado para um mandato de seis anos, em vaga aberta após o término do mandato do conselheiro Fernando Ferreira Costa.

Pilli (396 votos), Arnaldo Lopes Colombo (331 votos) e Dimas Tadeu Covas (183 votos) formaram a lista tríplice para a escolha do novo membro do Conselho Superior da FAPESP. Os três foram indicados em eleição pelas instituições de ensino superior e de pesquisa no Estado de São Paulo. 

A eleição foi realizada no período de 11 a 15 de junho de 2018, pela internet, encerrando-se às 17 horas do último dia. Encerrada a votação, imediatamente foi feita a apuração do seu resultado pela Comissão Eleitoral, na sede da FAPESP.

A lista foi encaminhada ao governador do Estado para a escolha do novo conselheiro, nos termos do art. 7º, § 3º, da Lei Estadual nº 5.918, de 18/10/1960, combinado com o art. 9º, alínea “c”, dos Estatutos da FAPESP, aprovados pelo Decreto nº 40.132, de 23/05/1962.

Pilli é professor titular do Instituto de Química (IQ) da Unicamp e membro da coordenação da área de Química na FAPESP. Foi diretor do IQ/Unicamp (2006-2009) e pró-reitor de Pesquisa na mesma universidade (2009-2013).  

Graduou-se bacharel em Química pela Unicamp em 1976, onde concluiu seu doutorado em 1981 na área de Química Orgânica. Após pós-doutorado na University of California, Berkeley (1982-84), implantou no Instituto de Química da Unicamp a área de síntese estereosseletiva de produtos naturais e fármacos, tendo contribuído para formação de competências em síntese orgânica ao orientar mais de 60 mestres, doutores e pós-doutores que hoje atuam em instituições de ensino e pesquisa no país e no exterior.

Pilli é membro da Academia de Ciências do Estado de São Paulo e da Academia Brasileira de Ciências. Atuou como pesquisador visitante na Georg-August Universität, Alemanha, em 1994, e professor visitante na Warwick University, Inglaterra, em 2005. Foi membro do comitê científico e tecnológico da Rhodia, membro do Comitê de Química do CNPq, editor associado do Journal of the Brazilian Chemical Society, membro do corpo editorial da Química Nova e membro do Conselho Deliberativo da Sociedade Brasileira de Química. 

Fonte: http://www.fapesp.br/11866